O Segredo da Felicidade é a Liberdade, o Segredo da Liberdade é a Coragem. Nilton Bonder

_________________________________________________________________________________________________________________________________


Rose Villanova
contato: rosevillanova@gmail.com



CLICK TO TRANSLATE

ASTROLOGIA: O que é? Para que serve? Como funciona?

Todos nós sabemos qual o nosso signo e, em geral, o signo das pessoas com quem convivemos, mas quantos de nós sabemos o que é astrologia? A gente lê nas revistas as características do nosso signo e muitas vezes acha que “bate” com a gente, às vezes nem tanto... Quando “bate” a gente diz que “acredita em astrologia”; quando não, surgem as dúvidas e estas levam a dois caminhos: 1. ...”eu não acredito em astrologia” ou 2. ...”que negócio é esse que não funciona mas que todo mundo se interessa?”
Existem muitos conceitos equivocados sobre o que vem a ser a Astrologia.
O senso comum entende que a Astrologia é um estudo da "influência" dos astros na vida dos seres humanos. É comum ouvir pessoas dizerem: "claro que acredito em astrologia, pois se a Lua tem influência sobre as marés e os líquidos do corpo, os outros planetas também devem ter influência sobre as pessoas". De fato, a Lua tem uma influência física sobre a vida na terra, assim como o Sol, tem influência direta sobre a vida animal e vegetal da terra.
Para começo de conversa, Sol e Lua não são planetas. O Sol é o centro do nosso sistema planetário e a Lua, um satélite da Terra e influenciam diretamente sobre a vida deste planeta, ok. Outra coisa é querer forçar a barra e achar que os outros planetas têm algum tipo de influência magnética ou energética sobre a vida na Terra. Talvez até tenham, mas esta questão não tem o menor interesse para nós, astrólogos. A Astrologia consiste, simplesmente, num estudo comparado do movimento planetário em relação aos eventos terrestres.
O giro dos planetas ao redor do Sol obedece a uma harmonia que nos dá a referência dos ciclos da nossa vida. Assim como o dia e a noite, as estações do ano, os meses e o ano, produzidos pelo movimento aparente do Sol em volta da Terra e as fases da Lua nos orienta sobre os quatro ciclos do mês, todos os outros planetas neste mesmo movimento nos mostram a qualidade daquele momento e seu desdobramento.
Para entender um pouco como a Astrologia funciona, precisamos saber o que é o Zodíaco. O Zodíaco é um círculo imaginário que circunda a terra. É dividido em 12 partes iguais de 30 graus cada uma onde cada parte é ocupada por um signo. Ele é usado pelos astrônomos e astrólogos, para podermos determinar a localização dos planetas e constelações no céu. O ponto onde este círculo começa é o ponto zero de Áries e acontece quando o Sol cruza este grau no início do outono (equinócio) mais ou menos no dia 20 de março. A partir daí, a cada 30 dias o Sol muda de signo. É por isso que dizemos, meu signo é de Áries, Touro, etc. É que o Sol está naquele signo no momento do nosso nascimento. Assim como o Sol, a Lua e cada planeta no céu está posicionado num determinado lugar do zodíaco naquele momento.
É isso que se chama Mapa Astrológico: o posicionamento dos planetas no momento de um nascimento. Esse Mapa, mostra a qualidade daquele momento e como ele se desenrola ao longo da vida. Esse estudo nos mostra então as características da pessoa e a qualidade dos momentos futuros daquela vida. Recapitulando; o Mapa Astrológico (Mapa Astral) é a representação do céu com todos os astros e planetas no momento do nosso nascimento.
É por isso que muitas vezes achamos que o nosso signo não “bate” muito com o que lemos sobre ele, pois estamos lendo apenas o signo que o Sol ocupava no momento do nosso nascimento e nós não somos um signo, somos um mapa. Seria impossível que houvesse apenas 12 tipos de pessoas no mundo, pelo contrário, não há mapa que se repita no céu, como não há pessoa que “se repita” na terra.
Uma leitura do nosso mapa astrológico, vai nos informar sobre nossas características, forças e fraquezas; qualidades e desafios; facilidades e dificuldades; fala sobre nossos gostos, nossa vocação, nossos desejos, nossa garra ou ao contrário, nossa acomodação. Fala também sobre nossos pontos fracos de saúde, bem como o melhor tratamento indicado, que tipos de pessoas buscamos para nos relacionar e porque e também qual o nosso papel no mundo.
Espero que com essa rápida passeada por este tema que, afinal, o homem está debruçado há 6 mil anos, eu tenha conseguido responder a algumas das suas dúvidas

Um comentário: