O Segredo da Felicidade é a Liberdade, o Segredo da Liberdade é a Coragem. Nilton Bonder

_________________________________________________________________________________________________________________________________


Rose Villanova
contato: rosevillanova@gmail.com



CLICK TO TRANSLATE

Sobre a Exaltação de Saturno em Libra

Dentre todas as exaltações dos planetas no zodíaco, não encontro mais perfeita do que a de Saturno no signo de Libra.

Pela lógica, esta exaltação parece ser a mais dissonante. Como Saturno poderia estar bem colocado num signo regido por Vênus? Saturno representa inibição, frustração, limites, obrigações, renúncias, deveres. Porque estes assuntos poderiam ter alguma afinidade com o signo de Libra e com Vênus, o “pequeno benéfico”, o planeta significador da harmonia, beleza, relacionamentos, prazer, compartilhamento, charme e sedução?

Vamos lá. Libra é o signo do detrimento do Sol e onde o Sol está mal, Saturno impera. Outro signo de domínio de Saturno é Aquário. Saturno gosta dos signos de ar, ele tem muita afinidade com o racional. É claro que o Sol; a individualidade, a vontade, a expressão própria não poderia estar bem num signo de relacionamento, sempre que o outro entra na jogada somos obrigados a ceder espaço a ele; “a minha liberdade termina aonde a sua começa”. Só alguém completamente anti-social (eu diria, mal-educado mesmo) poderia não sentir a menor restrição quando entra em contato com o outro. E quando este outro é o parceiro, então; o “Patrão”, a “Patroa” (não é assim que o cônjuge é saturninamente chamado?) é que nos restringimos mesmo e é aí que Saturno entra triunfante!

O que é Libra e a casa VII, sejamos realistas, se não o outro a nos colocar limites, a nos mostrar saturninamente as nossas limitações, nossos defeitos, a nos exigir compromisso, respeito, seriedade, responsabilidade, fidelidade, a nos cobrar isto e aquilo o tempo todo? O outro revela a nossa sombra, é o nosso espelho, é através do outro que mais exercemos a função de Saturno que é o amadurecimento e crescimento interior. A casa VII é uma casa de status também (como a X), é a casa do Estado Civil, da “Sra. Fulano de Tal” para nós mulheres. A aliança que colocamos no dedo é a pura representação dos limites, são os anéis de Saturno que assumimos quando nos casamos.

Pensemos também no ritual do casamento. Dentre todos os rituais religiosos é sem dúvida nenhuma o maior, o mais carregado de pompa, circunstância e seriedade. Há povos que dedicam dias ao ritual do casamento. A expectativa criada pela sociedade em torno daquela união, só Saturno pode explicar. E os parentes? O que os parentes fazem no casamento? Choram, claro!

A casa VII é considerada na astrologia tradicional como a casa dos inimigos declarados (aqueles que nos colocam limites). O eminente astrólogo, Morin de Villefranche, considerava a casa VII como sendo uma casa “parcialmente maléfica”. Isto tudo é ou não é Saturno?

Já perceberam como os Librianos são inseguros, autocríticos, insatisfeitos, exigentes consigo mesmo e com os outros, como buscam o status social, como são sérios, responsáveis, trabalhadores e cobradores, bem à maneira saturnina mesmo?

Chego a pensar que os casamentos não dão certo porque a casa VII é o grande engodo do zodíaco. Vamos para o casamento para encontrar Vênus e achamos Saturno! É por isso que a esmagadora maioria dos casamentos acontecem nos trânsitos de Netuno. Pura ilusão. Netuno é a oitava superior de Vênus!

Vejam, saímos da casa V – o namoro, o prazer, a conquista, a casa do Sol - e ao nos casar, entramos na casa VII. Acreditamos que vamos para a casa de Vênus, e vamos mesmo isto é verdade, mas o que não contamos é que lá o Sol está em queda e como já dissemos, a queda ou o exílio do Sol é o império de Saturno. Então, vamos para a casa de Vênus e encontramos Saturno com toda a sua potencia. Saímos do prazer e vamos para a obrigação. Vênus aí, na VII e em Libra, não está relacionada ao prazer, isto é um assunto de Touro que é um signo de sensualidade, um signo de terra, a Vênus de Touro é sensorial, puro prazer. Vênus na VII é uma Vênus dos relacionamentos e portanto, dos compromissos, do respeito, da fidelidade. Daí você perguntará, mas Vênus não é o amor? Humm... não. Vênus é a relação, o compartilhamento, chamamos isto erroneamente de amor. O amor de verdade liberta, é uma coisa solar. O Sol é o centro planetário, é quem irradia luz, calor e energia. O amor quando verdadeiro, faz com que nos sintamos felizes com a felicidade do outro. É isso que encontramos nas relações de casamento? Positivamente não! O casamento é pura cobrança! Ou não?

É preciso parar de romantizar a casa VII, ela não é a casa V (domicílio do Sol e exílio de Saturno). Na VII Saturno manda e o Sol fala baixo, melhor dizendo, o compromisso e a responsabilidade imperam em detrimento do prazer e da vontade, do erotismo e da criatividade. Se queremos nos casar, então temos que pensar que estamos entrando na casa VII. Esquece a V! A VII, no máximo será uma casa de complementação, de trocas pessoais. A Vênus de ar é racional.

Para finalizar, é preciso lembrar ainda que antes da invenção do casamento por amor, os casamentos eram feitos pelos pais, pelas famílias, em nome da continuidade do patrimônio e do sobrenome. Isso é, ou não é Saturno?

12 comentários:

  1. Rose,

    Que delícia encontrar esse seu blog. Concordo com o que escreveste... Estou aqui a pensar sobre Saturno nesse momento!

    ResponderExcluir
  2. Pois é, Thiago, Saturno dá pano pra manga! Você estuda astrologia? Sobre o que está pensando com relação a Saturno?
    Rose

    ResponderExcluir
  3. Renata11:26 AM

    Sensacional!!!

    ResponderExcluir
  4. Excelente! Há anos estudo o meu mapa e não tinha me tocado dessa relação... Muito grata

    ResponderExcluir
  5. Nunca tinha olhado saturno em libra sobre esse ponto de vista. Excelente!

    ResponderExcluir
  6. Nunca tinha olhado saturno em libra sobre esse ponto de vista. Excelente!

    ResponderExcluir
  7. gente,você é muito bo,seu texto é leve,digerível e você faz alusões simples más boas,fica fácil de entender,adorei!

    ResponderExcluir
  8. gente,você é muito bo,seu texto é leve,digerível e você faz alusões simples más boas,fica fácil de entender,adorei!

    ResponderExcluir
  9. Larissa4:47 AM

    Eu sou uma libriana e eu vejo tudo que você diz como Verdade
    mas nao sei bem o que fazer com isso
    me ajuda
    me esclareça alguns pontos
    como esse meu jeito de parecer nao estar nem ai pra quem se importa (quem fl q isso é certo aquilo errado)?
    e me importar mt com os outros?
    eu digo pra mim q é poq os outros nao me "enchem" com essas coisas pq eu sei me virar.
    a questao de nao ta satisfeito com nada é horrivel pq eu vejo ela passando por mim o tempo todo
    esse ano 2016 foi de mt tentativa de meditaçao pra conseguir afastar o ego e manter a mente sã
    mas eu sinto q meu signo n se dar mt com essa realidade tem algo haver?

    grata desde já!!

    ResponderExcluir
  10. Pode me ajudar? Tenho Saturno, Lua, Marte e Plutão em Libra. Sou pisciana com ascendente em Gêmeos, o que faz com que a minha exaltação em Saturno coincida com... a casa V!!! Vênus em Aquário, mais inconvencional, impossível. Não sou casada, nem tenho filhos, já passei dos 30 e pra uma mulher - ai, que vontade de mandar o mundo às favas! - gera uma cobrança bem indigesta, até mesmo porque acho do tempo do onça qualquer pessoa que seja casar e ter filho só pra manter protocolo social! Abraço, grata desde já.

    ResponderExcluir